+Blog

Epitáfio Remix: repasses de direitos autorais ao Anelo chegam a R$ 80.172,40 em junho

Neste mês de junho, o total de repasses da gravadora Warner Music ao Instituto Anelo, referentes aos direitos autorais de Epitáfio Remix, chegou a R$ 80.172,40. A primeira parcela, no valor de R$ 8.387,46, foi depositada na conta bancária do Anelo em junho de 2019 e, a mais recente, de R$ 4.617,31, no último dia 9. Até agora, foram nove repasses.

Epitáfio Remix, produzida pelo DJ Alok junto com Bhaskar e Adriano Machado, é uma nova versão da canção de sucesso dos Titãs composta por Sérgio Britto e lançada originalmente em 2001. Os direitos dessa versão foram cedidos ao Anelo no dia 29 de Dezembro de 2018, quando a instituição participou do programa Caldeirão do Huck, da Rede Globo.

De acordo com Luccas Soares, fundador e coordenador geral do Anelo, esse dinheiro tem ajudado na manutenção do Instituto, sempre com a devida prestação de contas às partes envolvidas. Em março passado, por exemplo, o valor depositado (R$ 6.561,70) foi 100% utilizado na compra de cestas básicas para as famílias dos alunos da instituição.

Confira abaixo os repasses já recebidos:

Convidamos a todos para que continuem a ouvir Epitáfio Remix nas plataformas digitais, de forma a contribuir com o trabalho do Anelo. Lembrando que a gravação contou com a participação dos músicos Bruno Piapara (teclado) e Tiago Santana (guitarra) representando o Instituto – os dois abriram mão do pagamento a que teriam direito em prol do Anelo.

Uma curiosidade: Epitáfio Remix, conforme aponta o relatório encaminhado pela Warner Music, chegou a 45 países, entre eles África do Sul, Austrália, Canadá, China, Colômbia, Espanha, Filipinas, Espanha, Eslovênia, Indonésia, Inglaterra, Japão, México, Nova Zelândia, Tailândia e Turquia.