Alunos, professores e colaboradores do Anelo junto com os integrantes da banda Titãs e o DJ Alok
+Blog

Um ano depois da participação do Instituto Anelo no Caldeirão do Huck

Neste dia 29 de Dezembro, completa-se um ano da participação do Instituto Anelo no Caldeirão do Huck da Rede Globo. Durante o programa, o grupo de rock Titãs cedeu os direitos autorais da canção Epitáfio Remix ao Anelo. Dessa forma, ao longo de 2019 a instituição recebeu R$ 32.155,74 referentes a esses direitos, valor este repassado ao Anelo via depósito bancário pela gravadora Warner Music – foram R$ 8.387,46 em Junho, R$ 12.971,75 em Setembro e R$ 10.796,53 em Dezembro.

Além dos comprovantes do repasse dos direitos autorais, a empresa enviou ao Anelo um relatório que mostra o alcance de Epitáfio Remix. É importante lembrar que a música foi composta por Sergio Britto e lançada originalmente em 2001. A versão remix foi apresentada pela primeira vez no Caldeirão do Huck, tendo sido produzida pelo DJ Alok junto com Bhaskar e Adriano Machado, com a participação, na gravação, do guitarrista Bruno Piapara e do pianista Thiago Santana, ambos ex-alunos e músicos colaboradores do Anelo.

Pelo relatório, constata-se não apenas que a música é mesmo uma linguagem universal, como também o sucesso internacional do DJ Alok. Além do Brasil, Epitáfio Remix foi ouvida em países dos cinco continentes. A saber: Argentina, Austrália, Canadá, Inglaterra, França, Nova Zelândia, Bélgica, Chile, China, Colômbia, México, Noruega, Peru, Filipinas, Polônia, Portugal, Rússia, Cingapura, Eslováquia, África do Sul, Espanha, Suécia, Taiwan, Tailândia e Estados Unidos, entre outros.

VÍNCULO

Para Luccas Soares, coordenador e fundador do Instituto Anelo, tão importante quanto o dinheiro dos direitos autorias, foi o vínculo que surgiu com os artistas. “Eles estão acompanhando o trabalho que é feito aqui”, disse Luccas. “Isso faz toda a diferença.”

Um exemplo desse carinho e atenção foi a visita que os Titãs fizeram ao Instituto no dia 26 de Outubro – Branco Mello, Sergio Britto e Tony Bellotto aproveitaram um compromisso profissional em Campinas para conhecer a nova sede do Anelo (os repasses dos direitos autorais foram utilizados na reforma do imóvel).

“Foi um momento muito especial para os alunos, professores e toda comunidade. Ficará registrado na memória do Instituto Anelo. Somos gratos por isso”, completou o coordenador.

DOAÇÃO

Na ocasião da participação no Caldeirão do Huck, o Instituto Anelo também recebeu, por parte da produção do programa, a doação de R$ 15 mil para serem utilizados na compra de instrumentos musicais. Com esse montante foram adquiridos 30 violões, 20 ukuleles, 20 escaletas, dez violinos, dois metalofones contralto (tipo de xilofone), 1 metalofone colorido, um vibratube (espécie de vibrafone feito de tubos) e dez cabos P10.

Dentro do espírito de doação proposto pelo programa, o Instituto Anelo doou dez desses violões novos para o projeto Batucabrum, localizado na cidade de Brumadinho (MG), e dez para o projeto Ritmo, Harmonia & Cidadania do MISC (Movimento de Integração Social e Cultural), que atua no Residencial Sirius, em Campinas.

CAMPANHA

Vale ressaltar que o Instituto Anelo segue com a campanha de arrecadação de fundos para a conclusão das obras da nova sede, cuja reforma está prevista para se encerrar em Janeiro de 2020. São várias formas de doar. Confira:

1) Via depósito bancário em nome do Instituto Anelo, CNPJ 05.896.161/0001-29, nos seguintes bancos:

Banco Bradesco S/A
Agência 2566
Conta corrente 35236-5

Banco do Brasil
Agência 3551-3
Conta corrente 11379-4

2) Via PayPal ou PagSeguro: basta acessar a homepage do site do Instituto Anelo, clicar no ícone Construa com a Gente, fazer o cadastro e concretizar a doação.

*Para outros tipos de doação, entrar em contato diretamente com o Instituto Anelo pelo telefone (19) 3227-6778, pelo e-mail contato@anelo.org.br ou pessoalmente.